Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

domingo, 25 de março de 2012

Argentina não quer mais guerras na América do Sul.

Publicado por dinamicaglobal.wordpress.com em 24 de março de 2012.



A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, afirmou nesta terça-feira, em conversa por telefone com o presidente Hugo Chávez, que a América do Sul não quer mais guerras, em clara referência à disputa com o Reino Unido pelo controle das ilhas Malvinas.

“Não queremos problemas de guerras, as grandes potências já militarizaram bastante o mundo. Queremos ter tudo isso bem longe e fazer todos os esforços para conseguir”, afirmou Cristina, que voltou a criticar os Estados Unidos e a Europa pela crise econômica mundial.

“As grandes potências, que não só destroçaram a economia do mundo, acrescentam o desastre das guerras civis e as ocupações”.

Em relação às ilhas Malvinas, declarou que a América não deve manter nenhum território colonial. “A América do Norte também foi colônia inglesa e também se tornou independente. É essa bandeira que queremos levantar”.

Cristina disse que a luta pelo arquipélago é “conceitual, vital, e engloba convicções que nos combinam na história, na política e na defesa dos recursos naturais”. A mandatária ainda agradeceu o governo do Peru por ter rejeitado um exercício militar com a Marinha britânica, em apoio à reivindicação argentina.

O anúncio foi feito durante a entrega do milionésimo decodificador de televisão digital, em que fez a conversa telefônica. A presidente ainda pediu para que o mandatário venezuelano mantenha a saúde em dia, “para cumprir os sonhos do patrono da independência argentina, José de San Martín, do ex-presidente Juan Domingo Perón, e ao ex-presidente Néstor Kirchner, morto no ano passado.

fonte: Folha Online

Leia também:
 

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology