Fuso-horário internacional

Translate

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

PÁGINAS

Voltar para a Primeira Página Ir para a Página Estatística Ir para a Página Geográfica Ir para a Página Geopolítica Ir para a Página Histórica Ir para a Página Militar

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Índia incorpora 15 caças embarcados MIG-29.

 Publicado por dinamicaglobal.wordpress.com em 20 de maio de 2012.

Clique na imagem para ampliar.

Índia incorporou a sua Marinha de Guerra 15 caças embarcados russos MiG-29K/KUB adquiridos em 2004, anunciou o ministro indiano da Defesa, Arackaparambil Kurian Antony citado por Defense News.

Os caças serão colocados no porta-aviões Vikramaditya, antigo navio de guerra soviético “Almirante Gorshkov”, que engrossará a Armada indiana em dezembro de 2012, segundo o plano previsto.

Em 2004, a Índia adquiriu 16 caças MiG-29K/KUB, como parte do contrato para a reparação e modernização do porta-aviões “Almirante Gorshkov”, pelo valor de 650 milhões de dólares. Pelo momento, foram oferecidos 15 dos 16 caças.

Em 2010, Índia comprou um lote adicional de 29 caças MiG-29K avaliado em 1.500 milhões de dólares.

Os caças multipropósito MiG-29K (um piloto) y MiG-29KUB (dois pilotos) são aviões da chamada geração 4++. Dispõem de modernos sistemas de controle eletrônicos, são menos visíveis a radares e podem levar maior quantidade de combustível e armamento, em particular, mísseis guiados e não guiados, bombas e canhão incorporado de 30 mm.

Fonte: Ria Novosti

Grã-Bretanha e França firmam convênios sem precedentes de cooperação militar e nuclear.

Publicado por dinamicaglobal.wordpress.com em 19 de maio de 2012.


O primeiro ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, e o presidente da França, Nicolas Sarcozy, firmaram ontem 18/05 em Londres convênios de cooperação militar e nuclear, que permitirão a ambos Estados compartilhar recursos e evitar a duplicação de funções, informou o correspondente de RIA Novosti.




Especialistas militares e jornalistas já definiram como “históricos”  os acordos conseguidos. O primeiro estipula, em particular, criar forças expedicionárias mistas para realizar operações em diversos pontos do planeta, instalar e abastecer aviões dos dois países em porta-aviões de ambos, assim como assegurar a proteção conjunta dos navios britânicos e franceses.




Outro convênio recorre a planos para a construção e exploração conjunta de um centro de provas nucleares. 



Londres e Paris não negam que a assinatura desses documentos ocorreu, em parte, pela necessidade de reduzir os orçamentos militares de ambos os Estados e para buscar vias de uso eficaz dos recursos destinados à defesa.

Últimas postagens

posts relacionados (em teste)

Resumo

Uma parceria estratégica entre França e Rússia tra ria benefícios econômicos para a Europa?

SPACE.com

NASA Earth Observatory Natural Hazards

NASA Earth Observatory Image of the Day

ESA Science & Technology